segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

Eco-escolas: Concurso Eco-Garrafão tampinhas

No Natal é muito o lixo produzido com papéis, fitas, caixas… 
Com esse material constrói a decoração para o Eco-Garrafão!

(Prazo de entrega: até 28 de fevereiro).






Projeto Elias Sol - participem na campanha de recolha!

      O Projeto Elias Sol - projeto solidário do AE Elias Garcia com o objetivo de ajudar as famílias carenciadas, - pede a participação de todos na recolha de alimentos, roupas usadas e material escolar, de modo a ajudar as famílias mais carenciadas da nossa comunidade, nesta quadra natalícia que se aproxima. 

Foto da profª Teresa Figueiredo,
do ano letivo anterior.

Projeto Eco-escolas - Uma Aventura do ambiente (3.º capítulo)

       

     Continuamos hoje a publicação de mais um emocionante episódio da autoria dos nossos eco-repórteres. Aqui fica o terceiro capítulo da autoria de Hugo Batoca, João Alves do 5.º C  e do Rodrigo Filipe do 7.º C!

Os gastos de electricidade e a água

Como o fim-de-semana estava a começar, os sete amigos decidiram observar o comportamento das pessoas do bairro onde eles viviam sobre o consumo de água e luz. Assim, acharam muito estranho que na casa n.º1 estivessem as luzes todas acesas!
- Vejam! Esta casa está a ter muito gasto de electricidade! Onde estão os donos? Nem desligaram a televisão! É UM DESPERDÍCIO TOTAL! – gritou o Francisco.
         O menino que vivia nessa casa, e que ia a entrar, exclamou:
- Mas isto é inacreditável! É a minha casa?!  Eu não concordo que se gaste assim tanta electricidade! Até tenho vontade de sair de casa!
- Upsidupsi! Aquele menino também não gosta que gastem assim tanta água e eletricidade como nós! - disse o Salvador
- Pois… ele devia ser um Super-Eco! E que tal? – perguntou a Matilde.
- Olhem, é o Rafael da turma 5.ºE! Nós somos do B e ele do E! Vamos tocar à campainha? - perguntou a Mariana.
- Esquece… não ouviste o que ele disse? Vai sair de casa! Ouvi dizer que ele é  um perito em desporto! Sabem, tem truques na manga e é muito ecológico! - afirmou a Matilde.
- Vamos lá! – exclamou o Francisco.
- Olá, malta! O que é que estão a fazer aqui? - perguntou o Rafael.
- Nós somos os teus vizinhos! Já te esqueceste? - perguntou o Tomás.
- O que andam a fazer? - perguntou o Rafael
- Nós estávamos a espiar as casas em que gastam mais electricidade e água!- respondeu o Francisco.
- Acabei de ter uma ideia!- disse o Tomás.
- Conta, conta!! - disse a Mariana, aos “pulos”.
- Vocês não veem as notícias? Sabem, podemos ir a uma ETAR ver como se reutiliza a água. - propôs o Tomás.
- Por acaso, como há seca no país, principalmente a sul, podíamos investigar e depois regressávamos a casa do Santiago para fazer cartazes e alertar a população para não gastar tanta água - disse o Francisco, sempre com boas ideias.
- Eu acho que é uma boa ideia!- exclamou a Mariana.
Na ETAR, quando foram investigar, encontraram uma coisa muito negativa! Adivinham?... Quase não havia água!
-Xiii…. Tão pouca água! Está-se a ver que as pessoas tomam duches longos de 10 minutos, principalmente os bebés! Os pais ADORAM tomar duches longuíssimos.- comentou o Francisco.
Depois de três horas na ETAR, regressaram novamente à casa do Santiago para criar folhetos e cartazes para alertar a população.
- Olhem, como vamos organizar a distribuição de folhetos e dos cartazes? -  perguntou a Mariana.
- Já sei! Eu, a Matilde e o Santiago ficamos aqui, com Walky-Talky. A Mariana, o Tomás, o Salvador e o Rafael vão espalhar os folhetos pelas caixas de correio das casas deste bairro e afixamos os cartazes no café, na farmácia e no supermercado. - propôs o Francisco.
- E que tal se visitássemos o Alentejo? – propôs o Rafael.
- Vamos pedir ao meu tio Samuel para nos levar ao Alentejo. - acrescentou o Tomás.
- Bela ideia… Mas, sem poluir, como fazemos isso? - perguntou a Mariana.
- Sim, COMO??? - Disse o Salvador.
- Olhem, podemos ir num carro elétrico… O teu tio tem um carro elétrico? – perguntou o Santiago
- O meu tio? Tem! Mas, onde estavas a pensar que poderíamos ir primeiro?- perguntou o Tomás.
- À barragem de Santa Clara, em Odemira!
- Vamos lá? - disse o Santiago - Levem os Walky-Talkies!
- Ao Alentejo! Vamos pedir aos nossos pais …- concordou o Tomás.
Nas férias de Natal, lá foram eles em viagem nos dias 15 a 17 de Dezembro.
- Oh, meu Deus do Céu! Plantas cheias de poeira, secas, parece um dos ambientes terrestres que nós demos nas aulas de ciências naturais … - disse o Francisco.
-  Qual? - Intrigou- se a Mariana, que porventura não prestava atenção às aulas. Fazia recortes de papel para a sua gémea e a Matilde tentava…. prestar atenção… nas aulas …
-  Não sabes? A savana!!! Olha, que coincidência, é a Filipa do 5.º A! - Disse de repente o Francisco.
-  Olá, miúdos! Tudo bem?- perguntou a Filipa.
-  O que estás aqui a fazer? – admirou-se o Rafael.
-  Estou aqui a passar o Natal em Odemira. Aproveitei a “deixa” para ajudar- vos. Bem… ajudar os meus familiares… sabem… eles, por causa da seca estão a tomar anti- depressivos… São os incêndios, é a seca… Nem vos conto! A horta dos meus avós está a secar! O que vale é que AINDA choveu um pouco de manhã! - exclamou a Filipa.
- Imagino, pois!- concordou o Rafael.
- Vamos lá? Bela ideia! Podes perguntar aos teus familiares para investigar a horta deles? - perguntou o Francisco que andava aborrecido, porque estava com calor e naquele tempo estava um sol muito forte.
PASSADO ALGUM TEMPO… investigaram em muitas hortas… mas… vamos começar pela horta do avô da Filipa. Formaram dois grupos.
- Xi… Tanta coisa! Não acredito que o teu avô tenha cerejeiras secas! Imagino o horror! - Exclamou o Francisco.
- Tomateiros secos, macieiras secas e os… animais cheios de sede! Quem fez isto?- Perguntou a Filipa.
- Cheira-me a esturro…! - exclamou o Rafael.
- Vamos lá ver se encontramos vestígios… Olha, isto é falso! É cartão! Não é um tomateiro… É um tomateiro a FINGIR!- Exclamou o Francisco- Ó Santiago… Analisa lá isto!
- Ok, Francisco! É mesmo cartão… Deixa-me ver isto… Pus uma caneta daquelas para mudanças e é cartão verdadeiro. - exclamou o Santiago.
- Ai não… Ai não…- disse a Matilde.
- Que foi?- perguntou o Santiago.
- Temos de arranjar um GRANDE PLANO…- comentou  o Francisco.
- Já sei!!! Olhem, lembram-se do que o Francisco disse sobre espiar pessoas?- Começou a Matilde.
- Sim, porquê?- Perguntou a Matilde.
Passado algum tempo… No Café “Simba”, lá eles estavam a comer uns docinhos para o lanche.
- Encontraram algo?- perguntou o Rafael.
- Sim… PLANTAS FALSAS!- Exclamou a Filipa, que estava furiosíssima!
- Calm down…-  comentou o Rafael que tentou acalmar a Filipa.
- Qual Calm down, qual quê! Estamos a fazer o quê, malta? A fazer ioga ou a salvar o ambiente?- gritou a Filipa que com isto, ficou um diabo!
- Muahahahahahah!- riu uma voz estranha.
- O que é isto? Vamos lá ver!- Disse o Francisco.
- Olá, ladrão! Quem é você? Já sei! Vamos descobrir quem é!- exclamou a Mariana num tom ameaçador.
- Avô? És tu o “Falsificador de plantas?”- gritou a Filipa.
- Sou, sim.- confessou o avô da Filipa.
- Porquê?- Perguntou a Filipa.
- Já estava a ficar farto, farto da seca e então, desde aí, tornei-me vilão. – desabafou o avô.
- Nunca mais voltas a fazer uma coisa destas, ok? - pediu a Filipa.
- Não.- respondeu o avô. - mas temos de encontrar uma maneira de lutar contra esta seca!! Ajudam-me?

                    Até ao próximo episódio!
Os autores,
Hugo Batoca
Rodrigo Filipe
E João Alves






quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

Projeto Eco-escolas - pedido urgente de embalagens para a árvore de Natal!

O projeto Eco-escolas vai participar com a árvore de Natal das turmas da professora Ângela Condesso no concurso "Ser Guloso este Natal, dá prémios", promovido pela ABAE, Eco-Escolas e marca Guloso.

Assim, pedimos embalagens vazias tetrapak da marca Guloso (preparados de tomate), conforme imagem abaixo.

Poderão colocar as embalagens na mesma caixa dos rolos de papel(no átrio do bloco A).





PESS: Livro digital sobre alimentação saudável (Fado e dieta mediterrânica)


    O livro digital sobre alimentação e cultura, onde a “Dieta Mediterrânica” e o “Fado” são padrinhos já está disponível online na Biblioteca de Literacia em Saúde. O PNPAS apoiou e dá os parabéns à iniciativa.

    O livro possui dezenas de sugestões pedagógicas, para aprender em casa e na escola. Para ler aqui.

http://biblioteca.min-saude.pt/livro/alimentacao#page/7

segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

Projeto Etwinning Ligando comunidades e culturas com a arte!

Este projeto envolve duas turmas do 1.º ciclo (1.º C e 4.º E) e continuamos em parceria com o AE Ruy Luís Gomes. Pretendemos, ao longo do ano, explorar os trabalhos de artistas europeus e criar trabalhos inspirados nas suas obras de arte. É assim uma oportunidade de promover a criatividade através da pintura, desenho e fotografia!

4º E

quinta-feira, 30 de novembro de 2017

Papel a mais? Traz para a escola - Campanha papel por alimentos



A campanha de recolha de papel continua este ano no AE Elias Garcia em parceria com o Centro Paroquial de Vale Figueira.
Em breve a equipa do projeto eco-escolas deixará recipientes de recolha de papel por sala na sala de aula.

http://www.papelporalimentos.pt/


quarta-feira, 29 de novembro de 2017

Concurso Media@ção 2018 - vamos participar?


    Este ano o Concurso Media@ção 2018 traz novidades: a criação de narrativas em vez de dicas e exclusivamente em formato vídeo, spot publicitário ou podcast; os temas a tratar em 2017-2018; e a possibilidade de cada Escola/ Agrupamento candidatar o n.º de trabalhos que entender.
    Temas: para a categoria do 1.º e 2.º ciclos do ensino básico: “há vida para além da televisão, dos videojogos e da Internet”. Para a categoria de 3.º ciclo do ensino básico e secundário: “como lidar com as notícias falsas (fake news)”.

terça-feira, 28 de novembro de 2017

Sugestões para diminuir o lixo por Matilde Quaresma e Marta Chagas do 5.ºC


Nós temos de diminuir o lixo aqui na escola, pois encontram-se muitas/os:
-beatas de cigarro;
-embalagens de alimentos;
-garrafas de plástico;
-latas de refrigerante;
-cotonetes;
-tampas de garrafas;
-sacos de plástico;
-garrafas de vidro ...
          Há coisas muito insignificantes que parecem não fazer mal, mas, na verdade, podem matar, por exemplo, os animais marinhos, que podem morrer ao comer algum destes objetos.
          Temos de diminuir as pegadas ecológicas.
          Hoje em dia, há países da Europa em que o plástico é proibido e nós devemos deixar de usar tanto plástico, pois é a principal forma de poluição. Muitas vezes achamos que não faz mal deixar um saco, uma garrafa de plástico no chão, mas se todos pensarmos assim Portugal vai continuar a ser um país muito poluído.
         É preciso às vezes pensar, por exemplo, na política dos 3 Rs: 
-Reciclar; 
-Reduzir; 
-Reutilizar.
          Há dois grandes exemplos de poluição que são os cotonetes e as palhinhas que são coisas que nunca desaparecem, pois quando as águas vão ser tratadas (tirar os resíduos de lixo e a poluição), como são finos e pequenos/as, passam com a água e, assim, não desaparecem e continuam a poluir.

          O Eco-escolas da Elias Garcia faz muitas campanhas de recolhas de resíduos tais como:
-Eco pilhas - pilhão vai à escola :pilhas e baterias;
-Geração Depositarão: eletrodomésticos;
-Eco óleo –recolha de óleo alimentar;
-Papel por alimentos;
-Tampinhas solidarias;
-Cortiça solidária : rolhas de cortiça.

         Na nossa escola, faz-se um concurso que se chama  «Concurso – a turma mais ecológica». A turma que mais coisas trouxer, vai a uma visita de estudo às Bandeiras Verdes. 

Matilde Quaresma
Marta Chagas 

5ºC 

terça-feira, 14 de novembro de 2017

Visita de estudo ao CMIA





Como atividade de boas vindas e de tomada de posse simbólica, este ano os Embaixadores do Ambiente tiveram possibilidade de visitar o CMIA (Centro de Interpretação e Monitorização Ambiental) na costa da Caparica, com valências de informação, divulgação, educação, sensibilização e monitorização ambiental, em particular sobre o património litoral e costeiro.
Com recurso às novas tecnologias ficaram a conhecer a fantástica biodiversidade existente na costa atlântica de Almada, assim como foram sensibilizados para a preocupante quantidade de lixo marinho existente, pela atividade "Top 10 lixo marinho"
Na escola, irão trabalhar na vertente prática de como poderão atuar para diminuir a quantidade de embalagens alimentares de plástico e tampas de garrafas (em 4º e 5º lugar do TOP 10).

segunda-feira, 13 de novembro de 2017

Apresentamos o trabalho vencedor do Concurso Arte e Criatividade 2017!

    A Patrícia do 6.º ano obteve o 1.º lugar no concurso Arte e Criatividade 2017.
    Parabéns, Patrícia! 
    A exposição ARTE E CRIATIVIDADE, promovida pela Câmara Municipal de Almada, decorreu entre os dias 27 de outubro e 5 de novembro de 2017, na Oficina de Cultura, em Almada.
    O catálogo da exposição pode ser consultado na Biblioteca Elias Garcia.






sexta-feira, 10 de novembro de 2017

Projeto Eco-escolas - Uma Aventura do ambiente (2.º capítulo)



      Continuamos hoje a publicação de mais um episódio da autoria dos nossos eco-repórteres. Todos os meses vamos publicar um capítulo deste livro de aventuras. Aqui fica o segundo capítulo da autoria de Hugo Batoca do 5.º C e do Rodrigo Filipe do 7.º C!

Uma Aventura do ambiente – Episódio 2 - Cigarros e mais Cigarros!

                 -  Malta, acham boa ideia o plano que o Santiago propôs? - Perguntou o Tomás.
                 -   É uma boa ideia!… Vamos a isso! – Respondeu a Matilde.
                E os amigos apanharam muito lixo que encontraram ao longo da margem do Rio Douro.
                 -   7kg de lixo… Não pode ser! – Afirmou o Francisco.
                 -  E agora? O que fazemos com isto? – Perguntou o Santiago.
                 -   E se separássemos o lixo? Há aqui tanta coisa que se pode ser reutilizada! - Propôs o Salvador, que era muito prático. 
                 -  Olha… mas que boa ideia! - Concordou a Mariana.
                 E lá foram eles separar o lixo.
                  -  Tantos objetos que recuperámos! -  Admirou-se a Mariana.
                  -  Mas isto são… CIGARROS!  Mas, como é possível?! - Perguntou a Matilde.
                  -  Tantos cigarros! Não me admira que uma coisa tão minúscula possa fazer tanto mal ao mundo e aos seres vivos… Os animais pensam que é comida e depois morrem! Temos que parar com isto! – Afirmou o Francisco.
                 Passado algum tempo, quando começaram as aulas, reencontraram-se na escola. Junto à porta da sala de aula, estava uma colega nova, a Sara. Apresentaram-se: 
                - Olá!
                - Estamos à procura de beatas de cigarros. Viste? E - já agora - como te chamas? – Perguntou o Francisco. 
                - Os cigarros são péssimos para o ambiente! Também acho! Chamo-me Sara. - Disse a amiguinha nova.
                 - Eu sou o Francisco e sou muito esperto. Gosto de saber mais coisas sobre o ambiente. – Respondeu o Francisco.
                 - Eu sou a Matilde, a informática. Gosto de pesquisar e de aprender tudo sobre computadores. – Disse logo a Matilde.
                 -  Eu sou o Tomás e gosto de ajudar a melhorar sítios poluídos como aqui, no Porto.- Afirmou o Tomás.
                 -  Sou a Mariana, a mais vaidosa do grupo. Gosto de manter as coisas impecáveis. - Disse a Mariana.
                  -  Sou o Salvador. Gosto de desenhar e fazer cartazes para salvar o habitat  natural. – Disse o Salvador por umas palavras mais “científicas”.
                 -  Eu sou o Santiago,  gosto de fazer obras de arte. – Respondeu o amigo novo.
                 -  Eu sou a Sara, a investigadora – Disse a amiguinha nova.  
                 -  E agora ... vamos lá apanhar lixo? – Perguntou a Mariana.
                 -  Já percebi… foi o E.U.A. que nos trouxe o cigarro e agora o Trump faz tanta poluição! – comentou o Francisco.

                (E continua…)

   Rodrigo Filipe – 7.º C
   Hugo Da Silva Batoca – 5º. C


sexta-feira, 3 de novembro de 2017

Visita de estudo de Embaixadores da Saúde da Elias Garcia à exposição "De baixo do Nariz Vermelho"

     






No âmbito do PESS e da sensibilização à saúde mental, realizou-se no dia 2 de novembro de 2017, uma visita de estudo de Embaixadores da Saúde da Elias Garcia à exposição "De baixo do Nariz", com os objetivos de:
  • compreender o conceito de humor e da arte de brincar na vida humana;
  • apropriar-se a importância do riso e da diversão na prevenção e na reabilitação da doença;
  • conhecer o trabalho desenvolvido pela Operação Nariz Vermelho nos hospitais pediátricos;
  • proporcionar identidade e coesão ao grupo de Embaixadores da Saúde da Elias Garcia como voluntários ao serviço da literacia em saúde e do bem estar da comunidade.
       Seguem-se algumas imagens enviadas pela profª Lídia Inácio.

Dia do Agrupamento: representação de O sonho de Mariana


PESS: Prémios serão entregues na tomada de posse dos embaixadores


terça-feira, 31 de outubro de 2017

PNC - Dia de Tim Burton


PESS - Vencedores do Concurso da Banquinha Mais saudável da Feira do Elias







No dia do agrupamento, o Projeto de Educação para a saúde lançou um concurso para escolher a banca mais saudável de cada ciclo. E a adesão foi espantosa! As bancas escolhidas foram:

- 5.º F
- 6.º B
- 7.º C
- 8.º B
- 9.º C

O júri foi constituído pela encarregada de educação, D. Anabela Vasconcelos, a higienista oral, Andrea Santos, a coordenadora dos diretores de turma, Teresa Vieira e por um embaixador da saúde de cada ciclo.

Clubes e Projetos no Dia do Agrupamento



segunda-feira, 30 de outubro de 2017

PNC - Vincent de Tim Burton amanhã na Biblioteca!


Gotinha de Água pelo Clube de Música



Gotinha de Água pelo Clube de Música

Fui à fonte beber água
Ao rio para te falar,
Nem na fonte nem no rio(bis)
Nunca te pude encontrar.

Dá-me uma gotinha de água
Dessa que eu oiço correr,
Entre pedras e pedrinhas(bis)
Alguma gota há-de haver.

Alguma gota há-de haver
Quero molhar a garganta,
Quero cantar como a rola(bis)
Como a rola ninguém canta. 
2ª Parte

Fui à fonte beber água
Achei um raminho verde,
Quem o perdeu tinha amores
Quem o perdeu tinha amores
Quem o achou tinha sede.

segunda-feira, 16 de outubro de 2017

PESS: Concurso para a Banquinha mais saudável :)


Para comemorar o Dia Mundial da Alimentação, o PESS inicia hoje o concurso para a eleição da banquinha de turma mais saudável na Feira do Elias (Dia do Agrupamento). O Regulamento encontra-se disponível na biblioteca. Inscrevam-se!
(cartaz elaborado por Afonso Henriques, 7ºC)

quarta-feira, 11 de outubro de 2017

PESS - Aprender sobre resiliência e gestão de conflitos com a Drª Marisa Romero

Há dias em que sentimos que vale a pena! Hoje aprendemos tanto com a abordagem clara e bem disposta da Drª Marisa Romero sobre questões tão complexas como a resiliência, a gestão da ansiedade e a importância da empatia na escola! Estão também de parabéns os alunos de 8.º A, C e D e o 9.ºD que participaram nesta sessão e as colegas Maria José Tomás, Luísa Inácio, Leonor Louro e da Psicóloga do nosso AE, Mafalda Lapa,  que os acompanharam nesta reflexão! Obrigada a todos!