quinta-feira, 30 de novembro de 2017

Papel a mais? Traz para a escola - Campanha papel por alimentos



A campanha de recolha de papel continua este ano no AE Elias Garcia em parceria com o Centro Paroquial de Vale Figueira.
Em breve a equipa do projeto eco-escolas deixará recipientes de recolha de papel por sala na sala de aula.

http://www.papelporalimentos.pt/


quarta-feira, 29 de novembro de 2017

Concurso Media@ção 2018 - vamos participar?


    Este ano o Concurso Media@ção 2018 traz novidades: a criação de narrativas em vez de dicas e exclusivamente em formato vídeo, spot publicitário ou podcast; os temas a tratar em 2017-2018; e a possibilidade de cada Escola/ Agrupamento candidatar o n.º de trabalhos que entender.
    Temas: para a categoria do 1.º e 2.º ciclos do ensino básico: “há vida para além da televisão, dos videojogos e da Internet”. Para a categoria de 3.º ciclo do ensino básico e secundário: “como lidar com as notícias falsas (fake news)”.

terça-feira, 28 de novembro de 2017

Sugestões para diminuir o lixo por Matilde Quaresma e Marta Chagas do 5.ºC


Nós temos de diminuir o lixo aqui na escola, pois encontram-se muitas/os:
-beatas de cigarro;
-embalagens de alimentos;
-garrafas de plástico;
-latas de refrigerante;
-cotonetes;
-tampas de garrafas;
-sacos de plástico;
-garrafas de vidro ...
          Há coisas muito insignificantes que parecem não fazer mal, mas, na verdade, podem matar, por exemplo, os animais marinhos, que podem morrer ao comer algum destes objetos.
          Temos de diminuir as pegadas ecológicas.
          Hoje em dia, há países da Europa em que o plástico é proibido e nós devemos deixar de usar tanto plástico, pois é a principal forma de poluição. Muitas vezes achamos que não faz mal deixar um saco, uma garrafa de plástico no chão, mas se todos pensarmos assim Portugal vai continuar a ser um país muito poluído.
         É preciso às vezes pensar, por exemplo, na política dos 3 Rs: 
-Reciclar; 
-Reduzir; 
-Reutilizar.
          Há dois grandes exemplos de poluição que são os cotonetes e as palhinhas que são coisas que nunca desaparecem, pois quando as águas vão ser tratadas (tirar os resíduos de lixo e a poluição), como são finos e pequenos/as, passam com a água e, assim, não desaparecem e continuam a poluir.

          O Eco-escolas da Elias Garcia faz muitas campanhas de recolhas de resíduos tais como:
-Eco pilhas - pilhão vai à escola :pilhas e baterias;
-Geração Depositarão: eletrodomésticos;
-Eco óleo –recolha de óleo alimentar;
-Papel por alimentos;
-Tampinhas solidarias;
-Cortiça solidária : rolhas de cortiça.

         Na nossa escola, faz-se um concurso que se chama  «Concurso – a turma mais ecológica». A turma que mais coisas trouxer, vai a uma visita de estudo às Bandeiras Verdes. 

Matilde Quaresma
Marta Chagas 

5ºC 

terça-feira, 14 de novembro de 2017

Visita de estudo ao CMIA





Como atividade de boas vindas e de tomada de posse simbólica, este ano os Embaixadores do Ambiente tiveram possibilidade de visitar o CMIA (Centro de Interpretação e Monitorização Ambiental) na costa da Caparica, com valências de informação, divulgação, educação, sensibilização e monitorização ambiental, em particular sobre o património litoral e costeiro.
Com recurso às novas tecnologias ficaram a conhecer a fantástica biodiversidade existente na costa atlântica de Almada, assim como foram sensibilizados para a preocupante quantidade de lixo marinho existente, pela atividade "Top 10 lixo marinho"
Na escola, irão trabalhar na vertente prática de como poderão atuar para diminuir a quantidade de embalagens alimentares de plástico e tampas de garrafas (em 4º e 5º lugar do TOP 10).

segunda-feira, 13 de novembro de 2017

Apresentamos o trabalho vencedor do Concurso Arte e Criatividade 2017!

    A Patrícia do 6.º ano obteve o 1.º lugar no concurso Arte e Criatividade 2017.
    Parabéns, Patrícia! 
    A exposição ARTE E CRIATIVIDADE, promovida pela Câmara Municipal de Almada, decorreu entre os dias 27 de outubro e 5 de novembro de 2017, na Oficina de Cultura, em Almada.
    O catálogo da exposição pode ser consultado na Biblioteca Elias Garcia.






sexta-feira, 10 de novembro de 2017

Projeto Eco-escolas - Uma Aventura do ambiente (2.º capítulo)



      Continuamos hoje a publicação de mais um episódio da autoria dos nossos eco-repórteres. Todos os meses vamos publicar um capítulo deste livro de aventuras. Aqui fica o segundo capítulo da autoria de Hugo Batoca do 5.º C e do Rodrigo Filipe do 7.º C!

Uma Aventura do ambiente – Episódio 2 - Cigarros e mais Cigarros!

                 -  Malta, acham boa ideia o plano que o Santiago propôs? - Perguntou o Tomás.
                 -   É uma boa ideia!… Vamos a isso! – Respondeu a Matilde.
                E os amigos apanharam muito lixo que encontraram ao longo da margem do Rio Douro.
                 -   7kg de lixo… Não pode ser! – Afirmou o Francisco.
                 -  E agora? O que fazemos com isto? – Perguntou o Santiago.
                 -   E se separássemos o lixo? Há aqui tanta coisa que se pode ser reutilizada! - Propôs o Salvador, que era muito prático. 
                 -  Olha… mas que boa ideia! - Concordou a Mariana.
                 E lá foram eles separar o lixo.
                  -  Tantos objetos que recuperámos! -  Admirou-se a Mariana.
                  -  Mas isto são… CIGARROS!  Mas, como é possível?! - Perguntou a Matilde.
                  -  Tantos cigarros! Não me admira que uma coisa tão minúscula possa fazer tanto mal ao mundo e aos seres vivos… Os animais pensam que é comida e depois morrem! Temos que parar com isto! – Afirmou o Francisco.
                 Passado algum tempo, quando começaram as aulas, reencontraram-se na escola. Junto à porta da sala de aula, estava uma colega nova, a Sara. Apresentaram-se: 
                - Olá!
                - Estamos à procura de beatas de cigarros. Viste? E - já agora - como te chamas? – Perguntou o Francisco. 
                - Os cigarros são péssimos para o ambiente! Também acho! Chamo-me Sara. - Disse a amiguinha nova.
                 - Eu sou o Francisco e sou muito esperto. Gosto de saber mais coisas sobre o ambiente. – Respondeu o Francisco.
                 - Eu sou a Matilde, a informática. Gosto de pesquisar e de aprender tudo sobre computadores. – Disse logo a Matilde.
                 -  Eu sou o Tomás e gosto de ajudar a melhorar sítios poluídos como aqui, no Porto.- Afirmou o Tomás.
                 -  Sou a Mariana, a mais vaidosa do grupo. Gosto de manter as coisas impecáveis. - Disse a Mariana.
                  -  Sou o Salvador. Gosto de desenhar e fazer cartazes para salvar o habitat  natural. – Disse o Salvador por umas palavras mais “científicas”.
                 -  Eu sou o Santiago,  gosto de fazer obras de arte. – Respondeu o amigo novo.
                 -  Eu sou a Sara, a investigadora – Disse a amiguinha nova.  
                 -  E agora ... vamos lá apanhar lixo? – Perguntou a Mariana.
                 -  Já percebi… foi o E.U.A. que nos trouxe o cigarro e agora o Trump faz tanta poluição! – comentou o Francisco.

                (E continua…)

   Rodrigo Filipe – 7.º C
   Hugo Da Silva Batoca – 5º. C


sexta-feira, 3 de novembro de 2017

Visita de estudo de Embaixadores da Saúde da Elias Garcia à exposição "De baixo do Nariz Vermelho"

     






No âmbito do PESS e da sensibilização à saúde mental, realizou-se no dia 2 de novembro de 2017, uma visita de estudo de Embaixadores da Saúde da Elias Garcia à exposição "De baixo do Nariz", com os objetivos de:
  • compreender o conceito de humor e da arte de brincar na vida humana;
  • apropriar-se a importância do riso e da diversão na prevenção e na reabilitação da doença;
  • conhecer o trabalho desenvolvido pela Operação Nariz Vermelho nos hospitais pediátricos;
  • proporcionar identidade e coesão ao grupo de Embaixadores da Saúde da Elias Garcia como voluntários ao serviço da literacia em saúde e do bem estar da comunidade.
       Seguem-se algumas imagens enviadas pela profª Lídia Inácio.

Dia do Agrupamento: representação de O sonho de Mariana


PESS: Prémios serão entregues na tomada de posse dos embaixadores