segunda-feira, 22 de janeiro de 2018

PNC: Cinema na escola em memória das vítimas do Holocausto

Assinala-se no próximo sábado O Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto.

A EB Elias Garcia vai assinalar esta data com sessões de cinema no auditório (até 3 turmas por sessão) ou na própria sala de aula, com os seguintes filmes:

- Diário de Anne Frank
- O rapaz do pijama às riscas (2.º ciclo)
- A vida é Bela
- O pianista


A coordenadora do PNC disponibiliza uma folha para a inscrição e reserva do auditório.


sexta-feira, 19 de janeiro de 2018

Projeto Juntos Aprendemos + Participem! ...



Aqui está o convite para participarmos na edição deste ano do Projeto Juntos aprendemos + dos meninos do pré-escolar.  Este ano o livro escolhido é O Cuquedo de Clara Cunha com ilustração de Paulo Galindro, da Editora Livros Horizonte.

Agora, os alunos do 1º, 2º e 3º ciclos leem o livro até à página 15 e imaginam como seria o cuquedo para posteriormente se proceder à exposição dos trabalhos mais criativos!

Os trabalhos devidamente identificados deverão ser enviados para o email concursoeliasgarcia@gmail.com ou entregues nas bibliotecas escolares!


PESS: Tomada de posse dos embaixadores da saúde da EB Miquelina Pombo





Fotos da Profª Fernanda Miranda e Alexandra Ribalonga

quarta-feira, 17 de janeiro de 2018

12.ª edição da revista Eskrítica

O projeto Eskritica, coordenado pelo professor João Pedro Pereira, editou a 12.ª edição da revista Eskrítica com textos dos alunos do Agrupamento sobre o tema a Poesia!

terça-feira, 16 de janeiro de 2018

Entrega de prémios às turmas vencedoras do Concurso A Banquinha Mais Saudável




No dia do agrupamento, o Projeto de Educação para a saúde lançou um concurso para escolher a banca mais saudável de cada ciclo. As turmas vencedoras foram:

- 5.º F
- 6.º B
- 7.º C
- 8.º B
- 9.º C

O júri foi constituído pela encarregada de educação, D. Anabela Vasconcelos, a higienista oral, Andrea Santos, a coordenadora dos diretores de turma, Teresa Vieira e por um embaixador da saúde de cada ciclo.

segunda-feira, 15 de janeiro de 2018

Tomada de posse dos embaixadores da saúde




Mensagem de Beatriz Oliveira, nº 5, 7ºF 


Mensagem de Débora, do 6º C 

Hoje foi dia do PESS: cerimónia de tomada de posse e entrega dos prémios aos vencedores do Concurso a Banquinha Mais Saudável!
Parabéns a todos!

Eco-escolas: óleo velho, vida nova

     


    Olá! Lembram-se de nós? Somos o Francisco, o Tomás, o Santiago, o Salvador, a Mariana, a Matilde, o Pedro, o Rafael e a Filipa. Viemos aqui para lembrar que há uma campanha de óleo usado na nossa escola!
    Os nossos amigos Embaixadores do Ambiente, no passado dia 14 de Dezembro, estiveram na reunião dos Embaixadores. E o que fizeram? Foram a toda a escola à procura de pessoas para entregar umas garrafas. Para quê? Para guardar o Óleo Usado! É verdade! Estivemos em muitos sítios da escola para entregarmos a professores, a funcionários a colegas! E ah! Nós estivemos presentes!


Eco-escolas: 17 objetivos para melhorar o mundo por Matilde Quaresma, nº 13, 5.º C



17 objetivos para melhorar o mundo: 

-Igualdade entre género;
-Acabar com a pobreza;
-Toda a gente ter água potável;
-Ter uma casa/habitat;
-Todos devem ter cuidados médicos;
-Todas as pessoas devem ter acesso á educação;
-Proteger a vida nos oceanos;
-Proteger a vida na terra/lugares terrestres;
-Haver vida com justiça e paz;
-Trabalho decente para todos;
-Construir cidades sustentáveis;
-energias sustentáveis;
-Trabalhar em conjunto;
-Cuidados de saúde para todos;
-combater as alterações climáticas;
-Tentar consumir de forma sustentável;
-Tentar mudar o mundo para um sítio melhor;
-Acabar com a fome.

sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

Eco-repórteres apresentam ... Uma aventura de ano novo (4.º capítulo e meio)Ano novo, vida nova!

     
Il. Matilde Quaresma, 5.º C


     No dia seguinte, os 8 amigos foram à loja da Miriam, a mãe da Filipa.
     - Olá, ainda bem que estão aqui! Vejam, este brinquedo custava 30 euros e agora no Natal passou a custar 85 euros … - comentou a Miriam, quando os viu.
     - É mesmo, D. Miriam… eu sei que parece coincidência, mas isto é obra de alguém! - exclamou o Francisco que estava muito PENSATIVO.
     - Deve ser uma pessoa louca ou o “Temível” – sugeriu o Tomás, com uma voz MUITO, mesmo muito grossa!
     - Isso assusta!... Quem é o “Temível”? - perguntou a Mariana, gaguejando.
     - Vou dizer-vos quem é através de uma história ... - contou o Tomás - “Era uma vez, um homem de barbas compridas. Um dia, uns homens malvados tentaram assassiná-lo. Ele morreu e transformou-se noutro homem. Uma mulher chamada Maria apaixonou-se por ele e foram para o pólo norte.” Adivinham?
     - O Pai Natal! - exclamou o Santiago que fez um desenho imediatamente de um velhinho de barbas brancas.
     - A sério? O S. Nicolau… pffff! O Pai Natal!…- exclamou o Pedro.
     - Há pessoas que gostam do Natal, Pedro!- responderam todos.
     - Ah, pois! - suspirou o Pedro.
     - Não teremos um Ano Novo sossegado! Nem Natal! - disse o Rafael.
     - Calma! Se já sabemos quem é o vilão, então como vamos até à Finlândia, a casa do Pai Natal? Mas de uma maneira mais ecológica? - perguntou o Francisco que…  ADORAVA fazer planos, pois como já disse é o mais inteligente do bando.
      - Ainda não EXISTEM AVIÕES NÃO-POLUENTES! – queixou-se o Tomás que estava MUITO irritado!
      - Respira fundo! Já está? Ok, estamos com um sério problema! – irritou-se a Matilde. 
      - Ó Chico! Já que és a “esperteza” do grupo, não consegues montar uma máquina- não-poluidora?- Perguntou a Filipa.
      - Rargh! Já vos disse que não gosto que me chamem Chico!!! Que ira!- disse o Francisco que estava MUITO, MAS MUITO IRRITADO!
       -Calma!- pediu a Mariana.
       -Ok! Não sei se consigo! E já agora, eu não sou só o “Génio” do grupo. Há outros!- disse o Francisco.
       E lá foram para a  cidade de Rovaniemi, na Lapónia, a 830 quilómetros de Helsínquia, a capital finlandesa. 
       - Brrr! Que frio! Estão 20 graus negativos! - suspirou o Francisco.
Foram para a casa do Pai Natal, e falaram com a Mãe Natal.
       - Olá! O Pai Natal está?- perguntaram todos.
       - Está! Ó Nicolau, vem cá! - chamou a Mãe Natal.
       - Ora, ora, ora! Já viram quem está cá!? O Chiquinho e companhia! - saudou o Pai Natal- Eu já sabia que vinham cá por causa da subida de preços!...
       - Pois, porque descobrimos que TU subiste os preços!- exclamou o Francisco- E já agora, eu não sou CHICO, sou o Francisco!!!
       - Porque as lojas quiseram! Eu só tive de escolher os brinquedos! - riu o Pai Natal.
       - Miriam!!! Foste tu que arruinaste o Natal de todos quando aumentaste os preços na tua loja? - perguntou a Matilde.
       - O Pai Natal mentiu! Não fomos nós! Bem, só um bocadinho! - disse a Miriam.
       - Então quem é que tem razão? O Pai Natal ou a Miriam? Já sei! OS DOIS! – disse a Mariana.
       - Problema resolvido! Agora, vamos festejar!- disseram todos.
Depois, no dia 24 e 25 de Dezembro lá festejaram o Natal e reuniram-se no dia 31 para 1 de Janeiro. Querem saber como foi? 
       - 10, 9, 8, 7, 6, 5, 4, 3, 2, 1, FELIZ ANO NOVO! Os meus desejos são: portar-me bem e ser mais linda ainda! - disse a Mariana.
       - Eu quero aprender melhor e que o MUNDO esteja melhor! - disse o Francisco.
Isto não é tudo! Os autores e a equipa Eco Escolas, deseja – vos um BOM ANO!...
                                                Os autores,
                                                Hugo Batoca
                                                Rodrigo Filipe 
                                               e João Alves

segunda-feira, 8 de janeiro de 2018

Projeto Eco-escolas: campanha de reutilização de óleo


Porquê desperdiçar o óleo quando podemos reutilizá-lo? 
Os eco-repórteres precisam de vocês!
Participem na recolha de óleo usado! Aqui estão os pontos de recolha: entrada da escola (oleão) e recolha de garrafas (átrio e sala de professores).


Eco-repórteres apresentam ... Uma aventura na época natalícia (4.º capítulo)

                     
                                                   
           Olá! Prontos para mais um episódio? Então vamos lá! 

           É Natal e os 8 amigos decidiram montar a árvore de Natal em suas casas. Chegaram as férias do Natal e, no dia 18 de dezembro, os 8 amigos encontraram-se em casa do Rafael, no Porto, para decidirem fazer algo diferente.
           - Sabem, já que se aproxima o Natal há ideias para um Natal mais amigo do ambiente? -  perguntou a mãe das gémeas.
           - Conhecemos 6 amigos que nos podem ajudar! – Responderam logo as gémeas.
Nessa tarde, encontraram-se no café “A Taberna” e começaram a planear as férias do Natal.
           - Vamos comprar presentes ecológicos? – propôs o Rafael.
           - Nós somos amigos do ambiente… então! Vamos mas é fazer os presentes que vamos oferecer neste Natal! Além disso são mais baratos. Não sabiam que o dinheiro não cresce nas árvores?- perguntou o Francisco.
           - Isso é mais uma falinha mansa dos pais? – riu-se a Mariana, que como já sabem, não prestava atenção às aulas.
           - Sabes, tu nunca estás atenta às aulas! Mas é verdade! E… também, não podemos gastar muito! - responderam os restantes – O dinheiro, o papel…
           - Adiante, e que tal se fizéssemos uma ÁRVORE ECOLÓGICA? - Perguntou o Santiago, que tinha ideias brilhantes pois era um artista.
           - Vejam! É o Pedro do 5ºG! Ele é bom a cuidar da natureza e ouvi dizer que ele ajuda muitas pessoas! - disse a Matilde que estava um pouco apaixonada por ele… - Devíamos falar com ele! 
           - Só porque gostas dele!- disse logo a Mariana, que nesse dia estava muito pensativa.
           - Então!… Estamos especados a olhar para o Pedro ou estamos a salvar o ambiente? – disse logo a Filipa.
           - Olá, malta! - Disse o Pedro - Soube que vocês estão aqui para ajudar o ambiente, não é?
           - Sim! E precisávamos da tua ajuda! - respondeu o Rafael.
           - Ok, o que precisavam? - perguntou o Pedro.
           - Precisávamos de dicas para este Natal… mais propriamente “como tornar o natal mais ecológico”. - esclareceu a Filipa.
           - Bom, podiam plantar um pinheiro e depois enfeitar com o que têm!- Respondeu o Pedro.
           - Uma dúvida… O que estás aqui a fazer, Pedro?- Perguntou o Francisco.
           - Bom, os meus pais trabalham aqui e vim participar num projeto para ajudar a natureza! - respondeu o Pedro - E vocês?
           - Reunimos aqui para falar sobre este assunto - esclareceu o Tomás.
           - O que faremos? - perguntou a Matilde.
           - Mãos à obra! - disseram todos.
           PASSADO ALGUM TEMPO… As árvores de natal ficaram prontas!
           - E os presentes? - resmungou a Filipa. – a minha mãe enviou um email com os preços da loja e são tão caros!
           - Esquece para já a loja da tua mãe! Vamos nós fazer os presentes. Sem trabalho, nada se consegue. Precisamos de cola, tesoura, papeis e …
           - … muita imaginação!  - concluiu a Filipa.
           E agora? Será que conseguem?

Aqui termina mais um emocionante episódio da autoria dos nossos eco-repórteres. Aqui fica o quarto capítulo da autoria de Hugo Batoca, João Alves do 5.º C  e do Rodrigo Filipe do 7.º C!