P.E.S.S. - Falar sobre as emoções!

            Ontem, os embaixadores da saúde e os alunos de todos os ciclos falaram sobre a saúde mental, no auditório da EB Elias Garcia. A saúde das nossas emoções é tão importante!

Refletir sobre as emoções a partir das animações:
"Cérebro Dividido": emoção vs. razão


www.youtube.com/watch?v=rD2VnQcGbI0

O que é a intolerância? Vê este filme curta metragem animado e reflete...





Troca de impressões sobre as animações ...


Identificar através do desenho o que nos leva ao isolamento ...





Visualização sobre a importância das emoções na nossa vida: Divertidamente


A arte o otimismo: escutar, dançar ou cantar uma música ...



Aprender a dar a volta!
Falar e escutar - gestos simples e tão importantes!


Em Cidadania, deverão:

a) contar o que mais os marcou/enriqueceu naquela sessão;

b) passar aos colegas indicações sobre:

   1  - conceito de Saúde Mental 
[A Organização Mundial de Saúde afirma que não existe definição "oficial" de saúde mental. Diferenças culturais, julgamentos subjetivos e teorias relacionadas concorrentes afetam o modo como a "saúde mental" é definida. Saúde mental é um termo usado para descrever o nível de qualidade de vida cognitiva ou emocional. 
Saúde Mental é estar de bem consigo e com os outros. Aceitar as exigências da vida. Saber lidar com as boas emoções e também com as desagradáveis: alegria/tristeza; coragem/medo; amor/ódio; serenidade/raiva; ciúmes; culpa; frustrações. Reconhecer seus limites e buscar ajuda quando necessário.]

      2  - o direito e o dever de se reconhecer/tratar doenças de ordem cerebral;

      3  - a riqueza das emoções que possuímos e que devemos desenvolver e cuidar (como se cuida dos dentes);

       4 - o funcionamento do cérebro emocional versus racional;

        5 - a importância do brincarmos e do desenvolvermos o humor para nos tornarmos mentalmente mais saudáveis.

        Os mais velhos podem ser alertados/refletir:
       - pistas para determinar bons níveis de saúde ou doença mental:


Índices de saúde mental

Índices de problemas de origem mental

1. Atitudes positivas em relação a si próprio(confiança em si, reconhecimento dos limites,  arriscar várias atividades,…).
1. Atitudes negativas em relação a si próprio(desleixos, atitudes explosivas, vícios prejudiciais, desvalorizar-se demasiado, insónias, desejo de morrer, ciúmes de tudo e todos…).
2. Crescimento, desenvolvimento e auto-realização. Alimentação saudável e prática de boas atividades.
2. Grande insegurança em si e nos outros, comer exageradamente ou nada comer,
 desinteresse por coisas que se apreciavam, sonolência e apatia prolongada.
3. Encarar e responder bem a situações difíceis.
3. Sensação de grande angústia e elevado sofrimento perante as situações do dia a dia.
4. Autonomia e autodeterminação
4. Dependência de outros para tomar decisões e se organizar.
5. Noção apurada da realidade e ser sensato.
5. Negação da realidade, mentir regularmente, ouvir ou ter visões estranhas.
6. Interessar-se por aquilo que o rodeia e desenvolver boas relações sociais.
6. Ser destrutivo, não colaborar, isolar-se, exaltar-se demasiado e recorrer a muitos palavrões.



A equipa do PESS.
Coordenação professora Vera Constantino.

Comentários